Publicado por: cristianogandra | Novembro 8, 2009

Consagrar um Cristal

Consagrar um Cristal

Pelo venerável Mestre Choa Kok Sui

Carregar e Programar Cristais ao ao livre

A consagração é mais poderosa do que a respiração prânica e/ou instrução dada aos cristais para se carregarem com energia prânica.

Ela é mais apropriada ao ar livre, uma vez que eles também absorverão energia prânica do sol, do ar e da terra.

É pré-requisito que o praticante acredite em Deus ou no Ser Supremo Universal, nos Seres Elevados, nos Anjos Sagrados, nos Seres de Luz e nos Espíritos da Natureza.

Antes de consagrar os seus cristais, eles devem ser profunda­mente limpos.

PARTE 1 – Invocar a ajuda do Ser Supremo

A – Colocamos o cristal no chão e pedimos as bênçãos divinas de Deus ou do Ser Supremo:

            «Ser Supremo, muito obrigado por carregar estes cristais com as Vossas Bênçãos Divinas, com Seu Divino Amor e Misericórdia, com a Energia Divina de Cura e o Poder Divino de Cura. Com gratidão e com toda a fé.»

B – Dizemos aos cristais:

            «Absorvam as bênçãos e a energia prânica agora.»

C – Esperamos alguns minutos e em seguida continuamos com a parte 2.

PARTE 2 – Invocar a ajuda de Seres Sagrados

A – A parte 2 da consagração dos cristais é feita invocando a ajuda dos anjos e ministros de cura e de outros seres sagrados:

            «Mestres sagrados, Anjos de Cura, Ministros de Cura, Seres de Luz, e todos os Excelsos, obrigado por carregarem esses cristais com Bênçãos Divinas, com Amor e Misericórdia Divinos e com Energia de Cura Divina. Com gratidão e com toda a fé.»

B – Instruímos os cristais:

            «Absorvam as bênçãos e a energia prânica agora.»

C – Esperamos alguns minutos antes de prosseguir para a parte 3.

PARTE 3 – Carregar os Cristais com Pranas do Sol, do Ar e da Terra

A – A parte 3 consiste em carregar os cristais com a energia prânica do sol, do ar e da terra:

            «Espíritos da Natureza e Anjos do Sol, do Ar e da Terra, obri­gado por carregarem esses cristais com o prana do sol, com o prana do ar e com o prana da terra. Com gratidão e com toda a fé.»

B – Instruímos os cristais:

            «Absorvam e armazenem a energia prânica do sol, do ar e da terra neste momento. Absorvam somente energia prânica limpa e saudável. Continuem absorvendo até serem instruídos a parar.»

C – Aguardamos alguns minutos antes de continuar com a parte 4.

PARTE 4 – Para que os Cristais se recarreguem automaticamente

Para recarregar automaticamente os cristais, instruímo-los a ab­sorverem a energia prânica dos Anjos e Ministros de Cura, dos Seres de Luz e dos Excelsos quando estiverem sendo usados para a cura.  

É importante dar aos cristais instruções adequadas. Não devemos dizer aos cristais para absorverem energia prânica apenas das proximidades. Se dermos essa instrução, eles podem absor­ver ou retirar energia prânica também das pessoas próximas. Isso pode provocar graves problemas de saúde aos que vivem na área, incluindo animais de estimação e plantas. Do mesmo modo, não especificamos o nome de nenhum guru ao instruir os cristais, pois sem a sua permissão é uma atitude pouco ética usar o seu nome.

 Mentalmente, dizemos aos nossos cristais:

            «Vocês absorverão automaticamente energia prânica dos An­jos de Cura, dos Ministros de Cura, dos Seres de Luz e dos Ex­celsos designados sempre que forem utilizados para a cura. Assim seja. Assim seja. Assim seja.»

 É importante conservarmos o cristal limpo. Se estiver limpo, ele pode continuar a absorver energia prânica e assim ficará recar­regado automaticamente.

 PARTE 5 – Exprimir Gratidão

 Depois de consagrar os cristais, é importante agradecer:

            «Ser Supremo, agradeço novamente as Bênçãos. Com gratidão e com toda a fé.

            «Anjos e Ministros de Cura, Seres de Luz e Excelsos, Agradeço novamente as Bênçãos Divinas. Com gratidão e com toda a fé.

            «Anjos e Espíritos da Natureza do Sol, do Ar e da Terra, Agradeço novamente as Bênçãos Divinas. Com gratidão e com toda a fé.»

 PARTE 6 – Encerrar a Consagração dos Cristais

     1. Mental ou verbalmente, instruímos os cristais

     «Parem de absorver energia agora Assim seja.»

     2. Estabilizamos a energia absorvida «pintando-a» com azul-claro.

     3. Quando não estiverem a ser usados, envolvemos os cristais num tecido de seda.

Usar o Cristal Consagrado

     1. Fazemos uma pequena oração (com as nossas próprias palavras) pedindo Bênçãos e Cura Divinas.

     2. Podemos sugerir ao paciente que diga uma pequena oração. Isso fará com que a cura seja mais eficaz.

     3. Unimos a língua ao palato.

Também podemos usar o cristal consagrado para projectar pranas coloridos.

Ao usar um cristal intensamente carregado ou adequadamente consagrado, não devemos utilizar vontade em excesso du­rante a cura. Devemos ser suaves e não super-energizar os pacientes.

Estabilizamos e cortamos a ligação etérica entre nós e o paciente.

Rezamos uma pequena oração de agradecimento.

Orientamos o paciente a fazer a sua oração de agra­decimento. Limpamos o cristal em água e sal.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: